Arquivado em la Categoría » Desenhos para bordar «

segunda-feira, janeiro 21st, 2013 | Author:

Medidas do motivo:
• Em pontos: 210 x 46 íin-cluindo a repetição da bailarina à direita para completar o desenho).
• Em étamine de quatro pontos por centímetro: 52,5 x 11.5.
• Em étamine ou cânhamo de cinco pontos por centímetro: 42 x 9.
• Em étamine ou línho de seis pontos por centímetro: 35 x 7,5.
• Em étamine de sete pontos por centímetro: 30 x 6,5.

Material:
• Um jogo de toalhas de banho com barrado para ponto cruz, ou faixas de étamine, cânhamo ou linho branco com 13 cm de largura máxima.
• Linha mouliné DMC ou ANCHOR nas cores indicadas na chave de sinais junto ao gráfico.

Pontos empregados:
• Ponto cruz (use três fios de linha na agulha nos tecidos de quatro e cinco pontos por centímetro; nos demais use dois fios). Ponto atrás
(use um fio de linha na agulha em todos os tipos de tecido).

Explicações básicas:
• Consulte sempre as instruções de trabalho no final do caderno Como se Faz. O modelo original foi bordado com fio DMC. Junto ao gráfico damos também a conversão das cores para as linhas ANCHOR. alertando que a tonalidade do bordado poderá apresentar um resultado um pouco diferente.

Execução:
• Dobre o barrado da toalha em quatro, a partir do centro. Abra o tecido e alinhave as marcas deixadas pelas dobras, traçando uma cruz, com um fio de cor contrastante. A intersecção dessas linhas corresponde ao centro do tecido e do motivo.
• Borde cada ponto sobre um quadrado do étamine ou 2 x 2 fios do cânhamo ou linho. Inverta e repita a bailarina na lateral esquerda do motivo, para completar o desenho. Terminado o bordado passe-o pelo avesso.

Compartilhe no:
  • Orkut
quinta-feira, janeiro 17th, 2013 | Author:

Medidas dos motivos:
• Em pontos: 40 x 35 (letras A e D); 46 x 32 (letras B e T); 34 x 34 (letras C e G); 35 x 35 (letra E); 47 x 32 (letra F); 38 x 34 (letra I); 48 x 33 (letra L); 44 x 32 (letra M); 40 x 32 (letra N); 33 x 31 (letra O); 37 x 32 (letra P); 33 x 33 (letra Q); 43 x 32 (letra R); 45×32 (letra S); 38 x 32 (letra U); 42 x 32 (letra V); 41 x 32 (letra Z); 39 x 63 (letra T só com rosinhas).
• Em étamine de quatro pontos por centímetro: 10 x 8,7 letras A e D); 11,5 x 8 (letras B e T); 8,5 x 8,5 (letras C e G); 8,7 x 8,7 (letra E); 11,7 x 8 (letra F); 9,5 x 8,5 (letra I); 12 x 8,2 (letra L); 11 x 8 (letra M); 10 x 8 (letra N); 8,2 x 7,7 (letra F O); 9,2 x 8 (letra P); 8,2 8,2 (letra Q); 10,7 x 8 (letral R); 11,2 x 8 (letra S); 9,5×8 (letra U); 10,5 x 8 (letra V); 10,2 x 8 (letra Z); 9,7 x 15 (letra T só com rosinhas).
• Em étamine ou cânhamo de cinco pontos por centímetro: 8×7 (letras A e D); 9.2 x 6,4 (letras B e T); 6,8 x 6,8 (letras C e G); 7 x 7 (letra E); 9,4 x 6,4 (letra F); 7,6 x 6,8 (letra é 9,6 x 6,6 (letra L); 8,8 x 6,4(tera M); 8 x 6,4 (letra N); 6,6 x 6,2 (letra O); 7,4 x 6,4 (letra P); 6,6 x 6,6 (letra Q); 8,6 x 6,4 (letra R); 9 x 6,4 (letra S); 7,6 x 6,4 (letra U); 8,4 x 6,4 (letra V); 8,2 x 6,4 (letra Z); 7,8 x 12,6 (letra T só com rosinhas).
• Em étamine ou linho de seis pontos oor centímetro: 6,6 x 5,8 (letras A e D); 7,6 x 5,3 (letras B e T); 5,6 x 5,6 (letras C e G); 5,8 x 5,8 (letra E); 7,8 x 5,3 (letra F); 6.3 x 5,6 (letra I); 8 x 5,5 (letra L); 7,3 x 5,3 (letra M); 6.6 x 5,3 (letra N); 5,5 x 5,1 (letra O); 6,1 x 5,3 (letra P); 5,5×5,5 (letra Q); 7,1 x 5,3 (letra FS); 7,5 x 5,3 (letra S); 6,3 x 5,3 (letra U); 7 x 5,3 (letra V); 6,8 x 5,3 (letra Z); 6,5 x 10,5 (letra T só com rosinhas).
• Em étamine de sete pontos por centímetro: 5.7 x 5 (letras A e D); 6,5 x 4,5 (letras B e T); 4,8 x 4,8 (letras C e G); 5 x 5 (letra E);-6,7 x 4,5 (letra F); 5,4 x 4,8 (letra I); 6,8 x 4,7 (letra L); 6,2 x 4,5 (letra M); 5,7 x 4,5 íietra N); 4,7 x 4,4 (letra O); 5,2 x 4,5 (letra P); 4,7 x 4.7 (letra Q); 6,1 x 4,5 (letra Ri; 6,4 x 4,5 (letra S); 5,4 x 4,5 (letra U); 6 x 4,5 (letra V); 5,8 x 4,5 (letra Z); 5,5 x 9 (letra T só com rosinhas).

Material:
•Toalhas de étamine, cânha-mo ou linho verde-água, ou em outro tom pastel.
• Linha mouliné DMC ou AIM-CHOR nas cores indicadas junto ao gráfico.

Pontos empregados:
• Ponto cruz (use três fios de linha na agulha nos tecidos de quatro e cinco pontos por centímetro; nos demais use dois fios). Ponto atrás (use um fio de linha na agulha em todos os tipos de tecido).

Explicações básicas:
• Consulte sempre as instruções de trabalho no final do caderno Como se Faz. O modelo original foi bordado com fio DMC. Junto ao gráfico damos também a conversão das cores para as linhas ANCHOR, alertando que a tonalidade do bordado poderá apresentar um resultado um pouco diferente.

Execução:
• Dobre a toalha em quatro, a partir do centro. Abra o tecido e alinhave as marcas deixadas pelas dobras, traçando uma cruz, com um fio de cor contrastante. A intersecção dessas linhas corresponde ao centro do tecido e do motivo.
• Borde cada ponto sobre um quadradinho do étamine ou 2 x 2 fios do cânhamo ou linho. Terminado o trabalho, passe o motivo pelo avesso.
• Para os detalhes em ajur, siga o passo a passo abaixo.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, dezembro 23rd, 2012 | Author:

Medidas dos motivos:
• Em pontos:, 78 x 33 (uma dupla de rosas); 17×12 (rosas avulsas).
• Em étamine de quatro pontos por centímetro: 19,5 x 8 (uma dupla de rosas); 4×3 (rosas avulsas).
• Em étamine ou cânhamo de cinco pontos por centímetro: 15,5 x 6,5 (uma dupla de rosas); 3,5 x 2,5 (rosas avulsas).
• Em étamine ou linho de seis pontos por centímetro: 13 x 5,5 (uma dupla de rosas); 3×2 (rosas avulsas).
• Em étamine de sete pontos por centímetro: 11×5 (uma dupla de rosas); 2,5 x 1,5 (rosas avulsas).

Material:
• Um jogo de cama em cambraia branco.
• Faixas de étamine, cânhamo ou linho branco de 33 cm de largura.
• Bordado inglês de 7 cm de largura.
• Passafita de 2 cm de largura e fita de cetim rosa.
• Linha mouliné DMC ou ANCHOR nas cores indicadas na chave de sinais junto ao gráfico.

Pontos empregados:
• Ponto cruz (use três fios de linha na agulha nos tecidos de quatro e cinco pontos por centímetro; nos demais use dois fios). Ponto atrás (use um fio de linha na agulha em todos os tipos de tecido).

Explicações básicas:
• Consulte sempre as instruções de trabalho no final do caderno Como se Faz. O modelo original foi bo/dado com fio DMC. Juntoao gráfico damos também a conversão das cores pára as linhas ANCHOR, alertando que a tonalidade do ibordado poderá apresentar um resultado um pouco dife/ente.

Execução:
• Dobre as tiras de tecido em quatro, a partir do centro. Abra o tecido e alinhave as marcas deixadas pelas dobras, traçando uma cruz, com um fio de cor contrastante. A intersecção dessas linhas corresponde ao centro do tecido e do motivo.
• Borde cada ponto sobre um quadrado do étamine ou 2 x 2 fios do cânhamo ou linho.
• Terminado o bordado passe-o pelo avesso.
• Elabore babados com o bordado inglês.
• Aplique as tiras bordadas no jogo de cama, embutindo os babados.
• Arremate a montagem com o passafitas.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, dezembro 21st, 2012 | Author:

Medidas dos motivos:
• Em pontos: 94 x 102 (can-toneira); 49 x 59 (flor isolada).
• Em étamine de quatro pontos por centímetro: 23,5 x 25,5 (cantoneira); 12 x 15 (flor isolada).
• Em étamine ou cânhamo de cinco pontos por centímetro: 19 x 20,5 (cantoneira); 10 x 12 (flor isolada).
• Em étamine ou linho de seis pontos por centímetro: 15,5 x 17 (cantoneira); 8 x 10 (flor isolada).
• Em étamine de sete pontos por centímetro: 13,5 x 14,5 (cantoneira); 7 x 8,5 (flor isolada).

Material:
• Um jogo de cama de cambraia de algodão.
• Tiras de étamine, cânhamo ou linho branco com 30 cm de largura. O comprimento dessas faixas deve ser proporcional às dimensões das fronhas e vira do lençol.
• Sutache de seda branco, com 5 mm de largura.
• Linha mouliné DMC ou ANCHOR nas cores indicadas na chave de sinais junto ao gráfico.

Pontos empregados:
• Ponto cruz (use três fios de linha na agulha nos tecidos de quatro e cinco pontos por centímetro; nos demais use dois fios). Ponto atrás (use um fio de linha na agulha em todos os tipos de tecido).

Explicações básicas:
• Consulte sempre as instruções de trabalho no final do caderno Como se Faz. O modelo original foi bordado com fio DMC. Junto ao gráfico damos também a conversão das cores para as linhas ANCHOR, alertando que a tonalidade do bordado poderá apresentar um resultado um pouco diferente.

Execução:
• Dobre as tiras de tecido em quatro, a partir do centro. Abra o tecido e alinhave as marcas deixadas pelas dobras, traçando uma cruz, com um fio de cor contrastante. A intersecção dessas linhas corresponde ao centro do tecido.
• Borde oito flores nas tiras das fronhas (duas em cada). Na tira do lençol, borde os motivos dos cantos, e depois distribua oito flores ao longo da peça. Finalize com os contornos em verde. Trabalhe fazendo cada pont sobre um quadradinho d. étamine ou 2 x 2 fios do cânhamo ou linho.
• Aplique as tiras bordadas no jogo de cama, arrematando a montagem com o sutache de seda.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, dezembro 19th, 2012 | Author:

Medidas dos motivos:
• Em pontos: 32 x 59 (um desenho).
• Em étamine de quatro pontos por centímetro: 8×15 (um desenho).
• Em étamine ou cânhamo de cinco pontos por centímetro: 6,5 x 12 (um desenho).
• Em étamine ou linho de seis pontos por centímetro: 5,5 x 10 (um desenho).
• Em étamine de sete pontos por centímetro: 4,5 x 8,5 (um desenho).

Material:
• Um jogo de cama de cambraia de algodão.
•Tiras de étamine, cânhamo ou linho branco com 30 cm de largura. O comprimento dessas faixas deve ser proporcional às dimensões das fronhas e vira do lençol.
• Bordado inglês branco, com 10 cm de largura.
• Passaf ita de 2 cm de largura e fita de cetim azul.
• Linha mouliné DMC ou ANCHOR nas cores indicadas na chave de sinais junto ao gráfico.

Pontos empregados:
• Ponto cruz (use três fios de linha na agulha nos tecidos de quatro e cinco pontos por centímetro; nos demais use dois fios). Ponto atrás (use um fio de linha na agulha em todos os tipos de tecido).

Explicações básicas:
• Consulte sempre as instruções de trabalho no final do caderno Como se Faz. O modelo original foi bordado com fio DMC. Junto ao gráfico damos também a conversão das cores para as linhas ANCHOR, alertando que a tonalidade do bordado poderá apresentar um resultado um pouco diferente.

Execução:
• Dobre as tiras de tecido em quatro, a partir do centro. Abra o tecido e alinhave as marcas deixadas pelas do bras, traçando uma cruz, com um fio de cor contrastante. A intersecção dessas linhas corresponde ao centro do tecido e do motivo.
• Borde o motivo.fazendo cada ponto sobre um quadrado do étamine ou 2 x 2 fios do cânhamo ou linho.
•Terminado o bordado passe-o pelo avesso.
• Elabore babados com o bordado inglês.
• Aplique as tiras bordadas no jogo de cama, embutindo os babados.
•Arremate a montagem com o passafitas.

Compartilhe no:
  • Orkut
quinta-feira, dezembro 13th, 2012 | Author:

Em clima de intensa paixão.

Urna colorida carreira de coracóezinhos aplicada no jogo de cama listrado acentúa a atmosfera romántica do quarto do casal. Isoiados, eles decoram lencos, pala de camisola, pantufas… Da The Cross Stitch House.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, dezembro 09th, 2012 | Author:

Em clima de lirismo.
Refinamento é a palavra-chave desíes beios jogos de cama, com barrados repletos de rosas. Os passafitas e o bordado inglés nos acabamentos realgam o romantismo típico dos enxovais de noiva. Execucáo: Golden Bordados.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, agosto 27th, 2012 | Author:

TOALHA DE MESA.
Técnica: batik africano.
Material: 2 m de chifon de seda pura na cor caqui; corantes para fibras protéicas nas cores amarela e violeta; fixador para fibras protéicas; agulha grossa; linha de carretei; 2 bacias próprias para fingimento (serve bacia de plástico).

Lave o tecido em água morna e com detergente neutro. Deixe secar. Faça pregas em toda a sua extensão com aproximadamente 40 cm cada uma. Com a linha de carretei, costure nas partes superior e inferior, da dobra de cada prega, duas carreiras paralelas em ponto de alinhavo. Dê nozinhos no tecido, amarrando-os com linha, de forma que fiquem bem firmes. Esses nós devem ser feitos próximos ao alinhavo, conforme mostra o desenho. Puxe as linhas das costuras, franzindo bem o tecido. Prepare os corantes amarelo e violeta, um em cada bacia (veja instruções no item “Preparação dos corantes”, Moda Afro). Com o corante ainda quente, mergulhe um dos lados do tecido na cor amarela. Deixe de molho por 30 minutos. Enxágue e torça. Mergulhe o outro lado no corante violeta, que também deverá estar quente. Deixe secar, retire os nós e desmanche os franzidos.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, julho 25th, 2012 | Author:

Feliz ano novo!
Seja qual for o idioma ou lugar, essa data é sempre contagiante. Logo, a roupa deve ser também muito especial. Ai váo as nossas dicas para vocé passar um ano novo vestida para brilhar!

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, julho 17th, 2012 | Author:

VESTIDO BRANCO.
TAMANHO: 38/40.
MATERIAL:
Fio Dora Santa Rosa (usado duplo) – 300 gr. na cor branco; fio de viscose para crochê – 300 gr. na cor branco; ag. para crochê com 2,5 mm; contas e canutilhos para bordar.
PONTOS EMPREGADOS:
Correntinha – corr. Ponto Baixíssimo – p.bx. Ponto Baixo – p.b. Ponto Alto – p.a. Ponto Fantasia – seguir o gráfico.
EXECUÇÃO:
Obs.: A peça é feita usando-se 2 fios de algodão e 1 fio de viscose trabalhados juntos.
Frente.
Começar pelo busto. Montar 59 corr., mais 3 corr. para virar e trab. da seg. maneira: 25 p. em p.a., 8 p. em p. fantasia, seguindo o gráfico e 25 p. em p.a. Trab. dessa maneira até obter 12 cm desde o início. Para formar o decote, rem. os 40 p. centrais e continuar trabalhando cada lado separadamente em p. fantasia, para formar as alças. A 23 cm do início das alças, rem. o fio. Virar a peça e unir o fio novamente no p. do canto à direita. Trab. em p. fantasia, seguindo o gráfico (obtendo 21 espaços ), por 23 cm. Formar a saia, trabalhando agora uniformemente em p.a. ( obtendo 80 p.a.). A 31 cm desde o início, formar o babado da seg. maneira:
1a. Carr.: 4 corr., 1 p.a.d. em cada um dos 6 p.a. seg., * 2 p.a.d. no seg. p.a., 1 p.a.d. em cada um dos 7 p.a. seg. *; rep. de * a * até o final, virar.
2a. Carr.: 4 corr., 1 p.a.d. em cada um dos 7 p.a.d. seg., * 2 p.a.d. no seg. p.a.d., 1 p.a.d. em cada um dos 8 p.a.d. seg. *; rep. de * a * até o final, , virar.
3a. Carr.: 4 corr., 1 p.a.d. em cada um dos 8 p.a.d. seg., * 2 p.a.d. no seg. p.a.d., 1 p.a.d. em cada um dos 9 p.a.d. seg. *; rep. de * a * até o final, virar.
4a. Carr.: 4 corr., 1 p.a.d. em cada um dos 9 p.a.d. seg., * 2 p.a.d. no seg. p.a.d., 1 p.a.d. em cada um dos 10 p.a.d. seg. *; rep. de * a * até o final.
Rem. o fio. Costas
Começar pela cintura da saia.
Montar 80 corr. e trab. como a parte da frente da saia. Rem. o fio.
Tiras Horizontais (2) – Começar com 18 corr., mais 5 corr. para virar e trab. em p. fantasia , seguindo o gráfico por 40 cm Rem. o fio.
Tira Vertical – Começar com 18 corr., mais 3 corr. para virar e trab. em p. fantasia, per 41 cm. Rem. o fio.
MODO DE ARMAR:
Fechar os lados da saia.
Unir as duas extremidades das alças da frente, formando o decote.
Pregar a tira horizontal no centro da tira do decote e no centro da parte de trás da saia.
Pregar as tiras horizontais nas laterais da frente, sendo a 1a. a 7 cm da cintura e a 2a. a 7 cm da 1a. Ao mesmo tempo, Prender o cruzamento das tiras horizontais com a tira vertical, com p. invisíveis.
Fazer 2 carr. de p.b. uniformemente, contornando as aberturas das Costas e o decote.
Passar o elástico por dentro dos p. da carr. de p.b. que contorna as aberturas inferiores das costas.
Na beirada do babado da saia, unir o fio novamente e trab. da seg. maneira:
1a. Carr.: * 3 corr., pular 2 p. de base, 1 p.b. no p. de base seg. *; rep. de * a * à volta toda, 1 p.bx. na união. Rep. a 1a. carr. novamente. Rem. o fio.
Rebordar a beirada inferior e o contorno do busto com as contas e os canutilhos, como mostra a foto.

Compartilhe no:
  • Orkut